Campeonato Mundial de Paramotor

Campeonato Mundial

Linhares – ES sediará o décimo primeiro Campeonato Mundial de Paramotor FAI.

Em 2018 o Campeonato Mundial de Paramotor foi na Tailândia reunindo mais de 100 pilotos, mas, em 2020 será a vez do Brasil.

Equipe Brasileira de paramotor no Campeonato Mundial de Paramotor na Tailandia 2018
Equipe Brasileira de Paramotor, Tailândia, 2018

Em 2018 tivemos participação puco expressiva na Tailândia, mas, para uma equipe estreante, foi uma experiência muito válida.

Esse ano estamos bem mais preparados.

Em março realizamos um curso com o atual campeão mundial o frances Alexandre Mateos e com o renomado piloto Raffaele Benetti da Itália .

Foram cinco dias com imersão total em um ambiante de competição e muitas técnicas aprendidas.

Workshop de competições FAI – Alexandre Mateos e Raffaele Benetti com a Equipe Brasileira de Paramotor

Em Junho a Escola Rio Paramotor e Paramotor-PR, fizeram um Workshop de competições FAI no Rio de Janeiro.

O workshop seguiu a mesma linha do curso do Mateos, mas, foram 3 dias.

Suficiente pra galera fluminense sentir um pouquinho da emoção de um campeonato e absorver alguma técnicas.

Workshop de competições FAI – Rio de Janeiro

Em julho, rolou a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Paramotor de 2019, que ocorreu em Casa Branca – SP.

A segunda etapa será realizada em novembro, no Espirito Santo.

Com o resultado das duas etapas, então, serão classificados 6 pilotos de cada categoria que representarão o Brasil no campeonato Mundial.

Pódio 1° etapa Campeonato Brasileiro de Paramotor 2019 – 1° lugar – Alan Braga (PR), 2° Alexandre Barbosa (RJ), 3° Marcio Aita (SP)

Os campeonatos de Paramotor são excelentes, as provas trazem desafios que os pilotos podem encontrar no dia a dia.

O objetivo de cada tarefa é ser simples e fácil, mas, ao mesmo tempo desafiadora.

Existem diversas provas que estão enquadradas dentro de três contextos
– Navegação
– Precisão
– Economia

Link com informações oficiais

Espaço aéreo de Curitiba

Espaço aéreo de Curitiba
Espaço aéreo de Curitiba

Curitiba é uma grande cidade e assim como muitas grandes cidades, entre outras nem tão grandes assim, possuí um espaço aéreo restrito.

É fundamental que o aerodesportista faça uso consciente do espaço aéreo.

Segundo o RBAC 103 é proibida a operação de veículo ultraleve ou balão livre tripulado fora dos espaços de voo especificamente autorizados pelo DECEA.

Muitos aerodesportistas, por não conhecerem a estrutura do espaço aéreo, voam duplamente errados, pois, além de estarem fora dos espaços autorizados ao aerodesporto, ainda cruzam rotas e invadem espaços controlados colocando-se em risco e colocando em risco a aviação, Fique ligado!

Conhecer a estrutura do espaço aéreo é fundamental.

Na região de Curitiba, voamos na área SBR 531, que é uma área condicionada à operação de veículos ultraleves.

Nessa área o limite vertical é 3.500ft o que não é muito, mas, dá para se voar tranquilamente.

Considerando que o chão está a 2900ft, podemos subir a uma altura de 600ft ou aproximadamente 180m.

É muito importante que esse limite seja respeitado, pois, acima dele temos corredores de voo visual de avião e corredores de helicóptero.

Existe outra área permitida nas proximidades de Curitiba, específica ao voo de Paramotor e Paratrike em Tijucas do Sul.

Por enquanto essa área existe como NOTAN temporário.

Sendo uma área circular com raio de 11 milhas náuticas, centrada no clube de Paramotor e Paratrike 4 Rotas.

Para conhecer melhor a estrutura do espaço aéreo o aerodesportista deve procurar informações no site https://www.aisweb.aer.mil.br/

Ou com a associação ao qual ele é filiado.

Mas, se quiser que encontrar essas informações de modo rápido e fácil, pode entrar em contato com a gente.

CAMPEONATO BRASILEIRO DE PARAMOTOR, CASA BRANCA – SP, 2019

Campeonato Brasileiro de Paramotor em Casa Branca - SP
Campeonato Brasileiro

Em julho de 2019 rolou a 1° etapa do Campeonato Brasileiro de Paramotor no município de Casa Branca – SP .

Na categoria Paramotor Solo o atleta Alan Braga, instrutor da Paramotor PR, foi campeão, mas, esse ano haverá duas etapas,

Então o campeão Brasileiro de 2019 será aquele que pontuar melhor na somatória das duas etapas.

A segunda etapa será no final do ano no Espirito Santo e então com a somatória da pontuação além de definir o Ranking Brasileiro, serão classificados os atletas que representarão o Brasil no Campeonato Mundial de Paramotor em 2020.

A equipe Paranaense marcou presença e subiu no pódio nas três categorias,

Com Alan Braga na categoria Paramotor Solo, Paulo Seabra na Categoria Paratrike solo, e também de Paratrike, mas, voando duplo, o Piloto Valcir Aires e o Copiloto Claude assumiram a 3° colocação.

Equipe Paranaense de Paramotor
Equipe Paranaense

O Paraná tem tido grande representatividade nos campeonatos, pois, pelo segunda vez consecutiva têm o maior numero de pilotos Participantes.

Esse ano compareceram 7 atletas paranaenses, dois a menos que no campeonato de 2017 que ocorreu em União da Vitória – PR

Os campeonatos têm sido ótimos, clima de amizade, diversão e aprendizado, esperamos cada vez mais pilotos participando, para fazermos uma grande festa.

Curta nossa página no Facebook

Entre em contato